spot_img

Prefeitura de Rio Brilhante formaliza adesão ao Cidade Empreendedora


Contrato foi assinado em solenidade realizada na sede do Sebrae, em Dourados

 

Nesta sexta-feira (7), em solenidade realizada na sede do Sebrae, em Dourados, o prefeito de Rio Brilhante, Lucas Foroni, formalizou a parceria com o Sebrae/MS para a realização do Cidade Empreendedora. O programa atua junto à gestão municipal, com a proposta de transformar a economia e promover o desenvolvimento local a partir do fortalecimento dos pequenos negócios.

 

De acordo com o prefeito, o Cidade Empreendedora vem como uma ferramenta para auxiliar no desenvolvimento de Rio Brilhante. “Aderimos ao programa pensando no pequeno empreendedor. Eu acredito que em meio a tantas dificuldades sempre há uma oportunidade e ela tem que ser pautada na tomada de decisões através da informação. O programa vai trazer para a gente junto com esse empresário e também ao produtor rural, por meio da consultoria e do atendimento, novas alternativas. Tenho certeza que esse acompanhamento vai nos ajudar a achar soluções e nos levar para um futuro próspero. Vamos vencer as dificuldades e seguirmos firmes, enfrentando bem a pandemia”, ressaltou Lucas.

 

Durante a cerimônia, junto com Rio Brilhante, também formalizaram a contratação do programa os prefeitos de Dourados, Novo Horizonte do Sul e Amambai. Por meio do Cidade Empreendedora, o Sebrae/MS acompanha os municípios durante 15 meses e o trabalho é norteado por um plano de desenvolvimento econômico elaborado de acordo com o diferencial competitivo escolhido pela prefeitura. No caso de Rio Brilhante, as ações são voltadas para o eixo “Cidade Agro”, uma estratégia que tem como foco o potencial produtivo da cidade com a proposta de estimular o pequeno produtor e criar incentivos para impulsionar a economia agrícola local.

 

Segundo o presidente do Conselho Deliberativo (CDE) do Sebrae/MS e titular da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, o programa vai dar suporte aos pequenos empresários, tanto no campo quanto na área urbana, além de trabalhar junto com a gestão municipal para melhorar o ambiente de negócios nos municípios.

 

“A ideia do projeto é valorizar esse pequeno empresário e buscar alternativas de desenvolvimento no próprio local onde ele está para que a cidade passe a gerar mais emprego, tenha mais competitividade e possa melhorar o ambiente de negócios. Esse é o objetivo do Cidade Empreendedora e isso se faz através de consultoria, capacitação, melhorias na legislação, redução de custos de cobranças de registros de empresa, então, esses são os caminhos que o programa vai trazer para Dourados, Rio Brilhante, Novo Horizonte do Sul, Amambai e para os demais municípios que aderiram à iniciativa”, pontuou Verruck.

 

Segundo Cláudio Mendonça, as ações trazidas pelo Cidade Empreendedora são validadas, já foram aplicadas em municípios de todo o Brasil, e o resultado positivo está diretamente atrelado ao trabalho em conjunto feito com as gestões municipais e ao comprometimento das lideranças. De acordo com ele, as prefeituras deram um passo importante ao decidir implementar o programa.

 

“Quero deixar os meus parabéns a esses prefeitos porque acreditaram que é possível desenvolver o seu município com planejamento, mas incluindo o pequeno negócio. Além do suporte ao empresário, esse trabalho também engloba as políticas públicas. Quando a gente estuda as leis do município e revê todo esse arcabouço que hoje rege a vida de uma empresa, a gente consegue facilitar e criar um ambiente favorável para o pequeno negócio”, explicou Claudio.

 

Nesta edição do Cidade Empreendedora, além dos quatro municípios que assinaram contrato durante a solenidade, outros 15 já aderiam ao programa. Dentre as ações promovidas pela iniciativa estão a desburocratização dos processos para a abertura e alterações de empresas; incentivos às compras locais; promoção de uma cultura empreendedora e a inovação nas escolas; melhorias na Sala do Empreendedor; estímulo ao desenvolvimento empresarial; e formação de lideranças que exerçam uma gestão pública empreendedora.

 

As ações já começaram

 

A cerimônia de assinatura veio como uma formalização da parceria entre a prefeitura e o Sebrae/MS, pois em Rio Brilhante a execução do Cidade Empreendedora teve início no dia 12 de abril com a ação Sebrae na sua Empresa.

 

Os agentes do Sebrae/MS passaram a visitar os pequenos negócios com a proposta de identificar as dificuldades enfrentadas pelos empreendedores e propor soluções. Desde o início da ação, 190 empreendimentos foram visitados e, no decorrer do programa, a expectativa é que, no total, mais de 1.300 empresários recebam orientações do Sebrae/MS.

 

Outra ação que já teve início no município integra o eixo Educação Empreendedora – é o projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP). A metodologia visa despertar nas crianças e adolescentes a criatividade e o interesse pelo empreendedorismo. Para que a temática seja trabalhada com os alunos do 1º ao 9º ano em sala de aula, ou de forma virtual, o Sebrae promove a capacitação dos professores.

 

O trabalho também começou no eixo Compras Públicas, quando foram apresentadas estratégias que podem ser adotadas pela prefeitura para fomentar o desenvolvimento da cidade, a partir das compras feitas pelo próprio município, seja no âmbito urbano ou rural. Uma delas é fazer com que os pequenos negócios locais sejam priorizados nos editais de licitação. A atuação do eixo também capacita os funcionários para tornar o processo licitatório mais célere e eficiente, além de despertar no empreendedor o interesse em participar dos pregões.
Mais informações sobre o Cidade Empreendedora podem ser obtidas por meio do telefone 0800 570 0800 ou pelo Whatsapp (67) 3389-5300.

 

 

 

Assessor de imprensa / Jefferson Duarte

VEJA TAMBEM

MAIS LIDAS